UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA – BRINCADEIRAS COM A TERRA, ÁGUA, AR E FOGO

Um brinquedo chamado natureza

Dê às crianças um brinquedo chamado natureza. Ofereça à elas oportunidades que propiciem o exercício da imaginação, a criatividade; oportunidades de criar seus próprios brinquedos com materiais naturais que possam ser explorados de diversas formas, que possam ser transformados naquilo que a brincadeira das crianças quiser.

 

Um brinquedo chamado natureza. De qual brinquedo estamos falando?

Talvez você não saiba, mas o melhor brinquedo do mundo para a criança é a própria natureza – brinquedo bom, bonito e barato, acessível, ao alcance de todas as crianças.

A vida nos centros urbanos tem roubado de nós coisas que nos são caras, a liberdade da infância e o convívio familiar. Este é um convite para investirmos numa infância com menos tecnologia e mais terra, menos consumismo e mais brincadeiras ao ar livre, menos coisas e mais vivências sensoriais. Um convite para se resgatar um cotidiano mais simples e natural, sem pressa, com mais leveza, escuta e calor humano.

As vivências, explorações, descobertas e brincadeiras ao ar livre colocam a criança em contato com as forças vitais dos quatro elementos – terra, água, ar e fogo – com ciclos de vida e morte,  fluxos vivos, ritmos e processos dinâmicos, aguçando os sentidos, a imaginação e o sentimento de pertencimento, das raízes com a Terra e respeito por ela.

UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA

Projeto Playoutside

Cada um dos elementos permite que a criança mobilize dentro de si forças imaginativas e criadoras. Com os achados e coletas de materiais orgânicos durante uma caminhada no parque, galhos viram espadas ou varinhas de condão. Folhas e flores ora podem ser decoração de um lindo bolo, ora adorno de uma coroa na cabeça. São brinquedos da natureza.

CONHEÇA O PROJETO PLAYOUTSIDE – ALEGRIA DE BRINCAR NA NATUREZA

Esta é a magia do brincar na natureza, a mágica dos brinquedos naturais, que sem forma estruturada e função definida, permitem infinitas possibilidades, algo sempre diferente e novo. Esta é a força interior das crianças em ação. Elas subvertem materiais, criam brinquedos e inventam histórias de acordo com o enredo de suas brincadeiras.

Cada elemento tem característica  própria e sugere um tipo de brincadeira. Existem infinitas possibilidades de brincar com a terra, a água, o ar e o fogo.

 

UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA – OS QUATRO ELEMENTOS

 

AS FORÇAS MAIS PROFUNDAS QUE VIVEM NO ÍNTIMO DA CRIANÇA, SÓ PODEM SER TOCADAS E AVIVADAS PELO BRINQUEDO MAIS SADIO DO MUNDO : O BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA   RUDOLF KISHNICK

 

 

TERRA

UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA

As brincadeiras com a terra estimulam a curiosidade infantil. A criança quer investigar e conhecer o interior das coisas, aquilo que se encontra oculto. Daí as brincadeiras de cavar buracos profundos na terra ou areia para quem sabe chegar ao outro lado do mundo.

No tanque de areia as crianças são como arquitetos de grandes construções, podem erguer pontes e castelos, assumindo a identidade de princesas e príncipes. Podem ser exímios chefes de cozinha no preparo de deliciosos bolinhos e comidinhas lindamente decoradas com folhas e flores.

 

 

ÁGUA

UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA

Retratos pra Yayá – Irmina Walczac

As brincadeiras com água remetem à importante memória intrauterina. Afinal trata-se do primeiro elemento com o qual a criança teve íntimo contato durante o período gestacional.

Brincar com água rapidamente vira festa, cheia de alegria. São assim as brincadeiras à beira mar ou com bacias d’água, enchendo e esvaziando baldes e potes incansavelmente.

Pisar em poças d’água ou tentar transpô-las com grandes pulos é unanimidade entre crianças de idades variadas, assim como as guerras de água, ou ainda as bolhas de sabão.

 

 

 

 

 

AR

UM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA

As brincadeiras com o ar colocam o corpo da criança em movimento, estimulando o correr, pular, voar, soprar, etc. Elas instigam a vontade de voar, tornando populares as capas de heróis e asas de borboletas criadas pelas crianças.

Também há os famosos aviões de papel, as pipas coloridas que riscam o céu, e até mesmo o prazeroso sopro na flor Dente-de-leão encontrada pelo caminho.

 

 

 

FOGOUM BRINQUEDO CHAMADO NATUREZA

O fogo exerce fascínio nas crianças, suscita respeito e temor ao mesmo tempo. Diante de uma fogueira, as crianças se encantam com a dança das labaredas, com o estalar das madeiras e ao jogar gravetos nas chamas.

Brincar com a sombra também é divertimento garantido entre elas, que correm na tentativa de pisar na sombra umas das outras projetadas no chão.

 

BRINCAR É COISA SÉRIA

Brincar é o ofício e expressão natural da criança.

As formas e movimentos primordiais vivenciados por meio do brincar com os elementos naturais refletem o  profundo equilíbrio do Cosmo, que é assimilado com admiração e veneração pela criança.

A qualidade do brincar na natureza é carregada de significado e incomparável, pois  a energia viva advinda do mundo natural impregna a organização corpórea da criança e contribui para o desenvolvimento infantil saudável,  auxiliando nas defesas naturais do organismo.

LEIA TAMBÉM: 36 MOTIVOS PARA CONECTAR AS CRIANÇAS A NATUREZA

A natureza é grande mestra. Em contato com o mundo natural as crianças brincam e ao mesmo tempo aprendem e sobre tudo criam vínculo afetivo com a mãe Terra, tornando-se cuidadores do meio ambiente.

 

Um brinquedo chamado natureza

Não dê às crianças brinquedos caros, estruturados, tecnológicos. Ofereça a elas oportunidades que propiciem o exercício da imaginação, a criatividade; oportunidades de criar seus próprios brinquedos a partir do fazer do corpo, das mãos da criança, feitos com materiais da natureza e que possam ser explorados de diversas formas, que possam ser transformados naquilo que a brincadeira das crianças quiser. Dê a elas um brinquedo chamado natureza.

Infância rica em vivências sensoriais e lúdicas não precisa de brinquedos industrializados e sim de experiências por meio do brincar livre em contato com o mundo natural. Invista seu tempo enquanto pai e mãe em momentos assim.

Pense neste poema:

O menino rico

Nunca tive brinquedos.

Brinco com as conchas do mar

E com a areia da praia;

Brinco com as canoas dos coqueiros

Derrubados pelo vento;

Faço barquinhos de papel!

E minha frota navega

Nas águas da enxurrada;

Brinco com as borboletas nos dias de sol.

E nas noites de lua cheia

Visto-me com os raios de luar.

Na primavera teço coroas de flores perfumadas.

As nuvens do céu são navios, são bichos, são cidades.

Sou o menino mais rico do mundo,

Porque brinco com o Universo,

Porque brinco com o infinito.

(Maria Alceu N. S. Ilnzinger)

 

Ofereça a elas oportunidades que propiciem o exercício da imaginação, a criatividade; oportunidades de criar seus próprios brinquedos com materiais naturais que possam ser explorados de diversas formas, que possam ser transformados naquilo que a brincadeira das crianças quiser. Dê a elas um brinquedo chamado natureza.

Quer conhecer outras interessantes brincadeiras com os elementos naturais? Faça  AQUI  downloud do E-book  BRINCANDO COM OS QUATRO ELEMENTOS DA NATUREZA e bom divertimento com a garotada.

Abraço brincante

Ana Lúcia Machado

1 Comment

  1. Responder

    willams silva

    8 de setembro de 2018

    otima dicas

LEAVE A COMMENT

RELATED POSTS